“Discordância Verbal”

Apesar de geralmente não assistir TV, na segunda (15/08) liguei na TV Cultura (que desde sempre é um ótimo canal) e estava passando o programa Roda Viva, que está numa nova fase, sendo apresentado agora por Marília Gabriela.

O entrevistado/sabatinado era o filósofo Luiz Felipe Pondé. Fiquei assistindo e gostei muito, não só do já conhecido formato do programa, mas com muitas coisas que Pondé disse, algumas delas que inclusive discordo, principalmente no que tange ao ateísmo. Por outro lado, gostei da forma como ele colocou certas questões.

E a mais marcante foi o fato dele dizer que compreende certas coisas da Igreja Católica. Mas depois deixou claro que apenas compreende, não necessariamente concorda.

Muitas pessoas tem essa dificuldade de se livrar do pensamento binário e ter uma visão mais heterogênea das coisas. E é sobre isso que a poesia a seguir fala:

“Discordância Verbal”

Eu te entendo
Te compreendo
Mas não concordo
Com seu pensamento

Não se iluda
Não confunda
Minha postura
Com sua loucura

Não distorça
A realidade
Quero manter
Minha sanidade

Primeira lição, vamos lá:
Respeitar não é aceitar
E discutir não é brigar
É tão difícil de enxergar?

Não fique tão “arredio”
Se te choca o que digo

Omissão não é submissão
Amizade não é passividade
Meu silêncio não é um “sim”
Espero que me entenda enFIM

About these ads

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 129 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: