3 – Symphony Of Destruction

PODCAST
Olá Pessoal!

Desta vez demorei um pouco mais para gravar a versão em áudio, pois só posso gravar nos dias em que não tem culto na igreja… Não, eu não participo do culto, mas como a igreja fica do lado de casa, não consigo gravar por causa do barulho.😦

Hoje, vou falar um pouco sobre uma banda chamada Megadeth. Como tinha dito na última postagem, já não gosto de Heavy Metal como gostava antes. Porém, Megadeth é uma exceção e faz parte de um sub-gênero chamado Thrash Metal.

Thrash Metal
Mas o que seria Thrash Metal?
Para começar, é bom não confundir THRASH Metal com TRASH Metal, a pronúncia é a mesma, porém se você escrever errado (Trash), muitos metaleiros podem ficar ofendidos. Pois “Trash”, significa basicamente “lixo”, já “Thrash”, significa algo como “batida rápida”. E a nomenclatura Thrash Metal faz jus ao gênero, pois, apesar de ter solos grandes, tem uma pegada mais rápida, mais direta em vista do Heavy Metal tradicional. Se quiser saber mais sobre Thrash Metal, veja os links que deixarei no final da postagem.

Metallica
Para quem não sabe, Dave Mustaine (vocalista, guitarrista e líder do Megadeth) já fez parte do Metallica. Apesar de ser muito talentoso, sua passagem pela banda foi breve, pois acabou sendo expulso por causa de problemas com drogas e álcool. A história que conheço, é que os caras do Metallica pegaram o Dave Mustaine bêbado e o colocaram dentro de um ônibus com uma passagem só de ida para o outro lado do país! Quando Mustaine recobrou a consciência, dizem que ficou furioso e prometeu fundar uma banda melhor e mais pesada que o Metallica.

Megadeth
Mesmo depois de formar a banda em 1983, os problemas com drogas continuaram, desta vez, dentro do Megadeth. Apesar disso, a banda conseguiu se estabilizar e lançaram muitos álbuns bons.

Vic Rattlehead
Para quem conhece a banda ou já viu a capa de seus CDs, já deve ter reparado na figura de uma caveira com “óculos” e ferros na mandíbula.

Vic Rattlehead é o mascote do Megadeth, e foi criado por Dave Mustaine por volta de 1984. O desenho do mascote da banda é baseado na famosa frase: “Hear no evil, see no evil, speak no evil’’, em português: “ Ouça nenhum mal, veja nenhum mal, fale nenhum mal’’. Essa frase na mitologia era representada por três macacos: um surdo, um mudo e um cego, e é mais o menos assim que Vic Rattlehead é.

Quanto a Dave Mustaine, vocês vão ver que existem muitas frases polêmicas e controvérsia. Essa é a parte do Megadeth que eu não gosto. Não vou postar aqui a biografia inteira da banda, pois não a conheço tanto assim e também não é esta a proposta do blog. Portanto, se quiser conhecer a biografia, ver letras traduzidas, discografia e curiosidades, como a que citei acima (Vic Rattlehead), recomendo que acesse o site Peace Sells: Megadeth Fan Site. Deixarei o link dele no final da postagem.

Em 1997, quando a 89,1 FM (em São Paulo), ainda era “A Rádio Rock”, houve um show comemorando os 12 anos da emissora, onde participaram as bandas: Whitesnake, Megadeth, Queensrÿche e Charlie Brown Jr:

Lançaram uma fita VHS (sim, VHS, lembram disso?) junto com a revista mensal da rádio.
Um amigo comprou, assisti várias vezes, gostei muito da apresentação ao vivo da música “Symphony Of Destruction”. Já tinha visto uma vez o clipe de “A Tout Le Monde”, mas naquela época eu nem sabia da banda. Então, considero que conheci realmente o Megadeth através desta fita VHS da 89FM. Reparei que, neste show, no bumbo da bateria havia o símbolo do “A” dentro de um círculo, perguntei o que significava aquilo… foi aí que fiquei sabendo o que era Anarquia!

Apesar de nunca ter visto nenhum posicionamento claro dos membros da banda, por este logotipo na bateria, leva a crer que são pelo menos simpatizantes do Anarquismo, ainda mais sabendo que eles fizeram um cover de “Anarchy In The U.K.” da banda Sex Pistols, fazendo até mesmo um clipe desta música.

Já nos anos 2000, depois de ver o clipe de Symphony Of Destruction, comecei a me interessar mais pela banda, (pois em 1997, quando vi o show só gostei do som, não conhecia a mensagem da letra), foi aí que vi a tradução desta e de outras músicas do Megadeth.

Segue a letra traduzida de “Take No Prisioners”, do álbum Rust In Peace

 

Não Capture Prisioneiros

“Você tem uma chance, infiltrá-los
Entenda bem, acabe com eles
Os veículos blindados de guerra irão, impregná-los
Quebrar-lhes o orgulho, e denegri-los
E ao povo deles, retrocede-los
A tifo, corrompem-nos
A epidemia, os devastam
Não faça prisioneiros, creme-os
Indo para a guerra, dê a eles o inferno
O dia D, a próxima parada, Normandia
O começo do fim
Sabemos como e estamos seguros de que venceremos
Guerra é paz com certeza, cara
Um refúgio para os malditos
Um parque de diversões para os dementes
Um paraíso para aqueles que andam neste mundo
Desprovidos de coração e alma
Amor e guerra eles dizem que isso vale a pena
Leve a vida dele
Mas não leve o cabelo
Seu corpo tem partes que seu país pode poupar
A propósito filho, aqui está
Sua cadeira de rodas

Ele já teve que ser, tudo o que poderia ser
Hoje ele não é nada, pois ninguém o vê em lugar algum
Que coisa engraçada, ele é como eu e você
É uma coisa engraçada, que coisa engraçada
Lágrimas marcam seu olhar cerimonioso
Abandonado aos restos, ninguém se importa com ele
Ninguém tinha idéia do que acontecia lá
Ninguém falava, nem mesmo ousava
Não pergunte o que você pode fazer por seu país
Pergunte o que seu país pode fazer por você
Não capture prisioneiros, não capture nenhuma merda”

O álbum Rust In Peace, é claramente anti-guerra.

A começar pelo nome, que é um trocadilho com a expressão “R.I.P. – Rest In Peace” (Descance em Paz), que geralmente é colocada nos túmulos dos E.U.A.
Rust In Peace, seria Enferruje Em Paz, simbolizando o desejo de que as armas de destruição em massa “enferrujem” por não serem usadas.

Curiosidades:
Ele (Dave Mustaine) estava dirigindo muito próximo ao carro da frente que tinha no pára-choque um adesivo que dizia: “Tomara que todas as ogivas nucleares enferrujem em paz”. Dave tomou aquilo como uma frase forte e imaginou aquelas velhas ogivas estocadas na praia com crianças pichando-as.

Pepeu Gomes no Megadeth
Outra curiosidade, em especial para os brasileiros.
Supostamente o músico Pepeu Gomes já foi convidado para tocar no Megadeth. Nunca houve uma confirmação formal sobre isso, até onde eu sei. Mas, sinceramente, não duvido que isso tenha acontecido, pois o Pepeu Gomes já foi considerado um dos 10 melhores guitarristas do mundo. É claro que os metaleiros mais ferrenhos não admitem, pois Pepeu, ao contrário de Mustaine e companhia, não toca Heavy Metal ou Thrash Metal, toca um estilo de música totalmente diferente. Mas vale lembrar que o Megadeth já tocou no Rock In Rio II, onde podem ter conhecido as habilidades de Pepeu.
Bem, se é mentira ou verdade, fica a seu critério, veja a seguir uma das entrevista onde Pepeu Gomes fala sobre isso:
Vamos agora ao clipe legendado da Semana:

“Symphony Of Destruction”, do álbum Countdown to Extinction de 1992.

PODCAST

Download

LINKS:Artigo sobre Thrash Metal na Wikipédia:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Thrash_Metal

Site Peace Sells: Megadeth Fan Site:
http://www.metalremains.com/megadeth/index.php

Clipe de Anarchy In The U.S.A. (cover de Anarchy In The U.K. do Sex Pistols):
http://www.youtube.com/watch?v=bnKmyRrvpnM

Artigo na Wikipédia sobre o Megadeth:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Megadeth

Site Oficial do Megadeth:
www.megadeth.com/

Artigo na Wikipédia sobre o Flaustista de Hamelin (citado no clipe)http://pt.wikipedia.org/wiki/O_Flautista_de_Hamelin

É, mais uma vez, por mais que tentasse resumir, acabei fazendo um texto muito grande!
A você que leu a postagem ou assistiu o clipe legendado, muito obrigado!
Qualquer dúvida, crítica ou sugestão, é só comentar!

2 respostas para 3 – Symphony Of Destruction

  1. Jefferson disse:

    Eu também tinha/tenho certo preconceito com metal, e são raríssimas as exceções para mim.

    Apartir desse post o Megadeth entrou para minha lista dessas exceções.
    Mas minha preferida continua sendo Slayer.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: